Operação AmazonasPromoção:
Operação AmazonasPromoção:
Sinta-se livre para contactar-nos:

Divulgados os 40 projetos finalistas contemplados

Sem categoria 19.11.2015

Um aplicativo para transferência de troco dos estabelecimentos para os clientes; um sistema de controle automatizado do oxigênio dissolvido em tanques de psicultura; e uma cerveja anticongelante estão entre as ideias contempladas pela primeira edição do programa Sinapse da Inovação Amazonas. A FAPEAM – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas, promotora do programa, divulgou nesta quinta-feira, 19/11, a lista dos 40 projetos aprovados. Os selecionados serão contemplados com R$ 50 mil cada em subvenção econômica, além de capacitações durante seis meses para que se tornem empresas de sucesso.

Das 40 ideias aprovadas, 35% são referentes ao setor de Bioeconomia, 30% ao campo da Biotecnologia, 17% se enquadram como projetos de TIC e 7% como iniciativas do setor de Saúde e Bem Estar. Estão contemplados, ainda, os setores de Eletroeletrônica, com 5% dos projetos; Logística com 3%e Metalmecânico também com 3%.

Dos proponentes contemplados, 50% já são pós-graduados, 20% estão cursando a pós-graduação e 17% têm curso superior concluído. Também foram contempladas ideias de estudantes de ensino superior (10%) e de alunos do ensino médio (3%).

A UFAM – Universidade Federal do Amazonas foi a instituição que aprovou o maior número de projetos, 14 no total. Em segundo lugar está a UEA – Universidade do Estado do Amazonas, com 3 projetos, e em terceiro estão empatados o IFAM – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas e o INPA – Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia/AM, com dois projetos contemplados cada. Outras 10 instituições também tiveram propostas aprovadas.

Nesta primeira edição do programa no Amazonas o número de ideias submetidas surpreendeu. Foram 1188 ideias e quase 2,5 mil participantes nas equipes inscritas. 150 projetos passaram para a segunda fase e tiveram que apresentar um projeto de empreendimento. Destes, 80 seguiram para a terceira etapa, quando elaboraram projetos de fomento, detalhando de que forma pretendiam aplicar os recursos no desenvolvimento de seu produto ou negócio, caso fossem contemplados ao fim do programa.

A FAPEAM pretende dar continuidade ao Sinapse da Inovação e lançar uma segunda edição do programa até o fim de 2016. Em Santa Catarina, onde o programa foi criado, já foram realizadas cinco operações, das quais resultaram quase 300 startups inovadoras, mais de 1,2 mil empregos diretos gerados e 94 patentes depositadas. A instituição criadora do método Sinapse da Inovação e responsável pela execução do programa nos dois estados é a Fundação CERTI – Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras, de Florianópolis. 

resultados-dos-aprovados

 

Sorry, the comment form is closed at this time.